Treino em casa: 3 exercícios para fazer pulando

Entenda como pular pode te ajudar a perder peso, ganhar massa muscular e até mesmo prevenir lesões

Treino do seu jeito 4 min. de leitura
Treino em casa: 3 exercícios para fazer pulando

Você já ouviu falar em “pliometria”? Calma, não se assuste! Esse é o nome dado para a série de atividades físicas envolvendo saltos e explosão muscular. Usando um movimento tão comum, nós podemos fortalecer nosso corpo e desenvolver uma vida mais saudável sem sair de casa.

Polichinelo, pular corda e agachamentos saltando, esses são alguns exemplos de exercícios pliométricos que podem gerar diversos benefícios para a sua saúde, a seguir foram listados alguns deles.

  • Aumento da reação muscular.
  • Fortalecimento muscular.
  • Queima de gordura.
  • Prevenção da osteoporose e osteopenia.

Leia também: O que é HIIT e como fazer o treino em casa

Os exercícios que envolvem pulo trazem muitas vantagens para o seu corpo, mas você sabe como colocá-los em prática? Separamos algumas modalidades que podem ser realizadas em casa, além delas você também encontra diversas outras atividades físicas no site da Selfit, na seção “Treine em Casa”. Então, como Sandy & Junior dizem: vamos pular! 

Pulando corda

gatos pulando corda
Exercícios que envolvem pulo ajudam a fortalecer os músculos. (Fonte: Giphy)

Vamos começar pelo básico: a corda. Muito provavelmente, em algum momento da sua vida, você já pulou corda, mas se nunca fez isso não tem problema. Tudo tem a sua primeira vez! 

Por mais simples que esse exercício seja, pular corda ajuda a tonificar coxas, panturrilha, glúteos e abdômen. Em apenas 30 minutos pulando corda, você pode perder até 300 calorias!

Coronavírus: É arriscado fazer exercício ao ar livre durante a quarentena?

Então não se acanhe. Segure uma ponta da corda com mão direita e a outra com a esquerda; então, faça movimentos circulares com o objeto, saltando quando ele passar pelos pés. Tudo bem começar em um ritmo mais devagar, essa é a hora de aprender como o seu corpo funciona nessa movimentação.

Conforme for ganhando experiência e segurança, tente aumentar a velocidade. Por meio de saltos mais rápidos e passadas curtas, você exige mais do seu corpo e intensifica a dinâmica do exercício.

Agachamento saltando

Mulher fazendo agachamento
O pulo é um exercício flexível, que pode ser executado de diferentes formas. (Fonte: Giphy)

Outra maneira de trabalhar os membros inferiores nesse tipo de exercício é fazendo agachamentos com pulo. Essa é uma prática muito comum para quem quer ganhar força nas pernas e fica ainda melhor quando feita com saltos.

Posicione os seus pés em simetria com os quadris, e as mãos atrás da nuca com os cotovelos abertos. Faça um agachamento normal, buscando deixar a coluna reta e as coxas em uma posição de 90º.

Em vez de subir com delicadeza, use a sua explosão corporal para saltar o mais alto possível e depois retornar à posição inicial. 

Flexões explosivas

personagens fazendo flexão
Só com o peso do corpo, a pliometria permite um elevado gasto calórico. (Fonte: Giphy)

A pliometria também pode trabalhar os membros superiores do corpo, como os ombros e os braços. Um dos exemplos é a flexão explosiva, que é um exercício um pouco mais avançado; então, caso você não se sinta confortável para realizá-lo, existem outras opções no site da Selfit e também em nosso aplicativo.

Fique em posição de flexão normal, com os braços estendidos e as mãos na altura do ombro. O objetivo é realizar o movimento comum de uma flexão (preocupando-se sempre em realizar o movimento mais preciso possível) e finalizar com um impulso dos braços que faça seu corpo levantar alguns centímetros do chão. Depois disso, já inicie o processo de queda dando início a próxima flexão e por aí vai. 

Então se você ama pular e se exercitar, não perca tempo e dê logo uma chance para colocar esses exercícios na sua rotina de treino. Conhece alguém que já faz essa prática? Ficou interessado? Compartilha aí!

Gostou do assunto? Que tal compartilhar com seus amigos?