Bicicleta ajuda a emagrecer e a “engrossar” as pernas

Se você está procurando um exercício para perder peso e deixar suas pernas grossas, andar de bicicleta pode ser uma ótima atividade

Treino do seu jeito 4 min. de leitura
Bicicleta ajuda a emagrecer e a “engrossar” as pernas

Quem está querendo emagrecer sabe que os exercícios aeróbicos são seus maiores aliados. Porém, entre tantas opções que as academias oferecem — correr na esteira, fazer aulas como jumping ou fit dance, entre outras — muitas pessoas se esquecem que pedalar é uma das melhores atividades para queimar calorias.

Essa afirmação é atestada pelo educador físico Renildo Câmara (CREF: 4502/G-CE), supervisor técnico da Selfit, na unidade do Shopping Parangaba, em Fortaleza (CE). Segundo nosso instrutor, “pedalar proporciona uma ótima queima calórica, melhorando também a resistência cardiorrespiratória”. 

As aulas de spinning podem ser uma ótima pedida para quem quer perder peso (Fonte: Tenor)
A bike é uma ótima opção para quem quer perder peso. (Fonte: Tenor)

Pedalar ajuda a “engrossar” as pernas?

Uma dúvida que muitas pessoas têm sobre o pedal é se ele deixa você com as coxas “mais grossas” — afinal, esse é um dos músculos mais exigidos durante o exercício. Para muitas pessoas, esse é um dos objetivos, mas outras deixam de pedalar justamente por temer que isso aconteça. 

Nós também perguntamos ao professor se essa ligação entre a bicicleta e engrossar as pernas tem algum fundamento. Segundo ele, a relação não é tão direta como algumas pessoas pensam: “pedalar melhora o tônus muscular, mas nada de forma excessiva”, ele destacou. “Se você estiver sentindo que suas coxas estão ficando maiores do que gostaria, basta reduzir a intensidade e a duração do exercício”, explicou Câmara. 

Pedalar tonifica os músculos das pernas, mas nada exagerado
Pedalar tonifica os músculos das pernas, mas nada exagerado. (Fonte: Tenor)

Quais são os benefícios de pedalar?

De acordo com Câmara, além de fortalecer as pernas, pedalar também ajuda a tonificar os glúteos e o abdômen. Então, se você quer trabalhar essas partes do seu corpo, fica essa dica!

Para além do visual, andar de bike ajuda no fortalecimento de outro músculo muito importante para nossa saúde: o das costas. Assim, esse exercício também contribui para uma melhora na postura de quem o pratica. Outros benefícios do pedal, listados pelo nosso professor, são a melhora da saúde cardiovascular, das articulações dos joelhos, bem como do sistema imunológico. Por fim, vale lembrar que um bom treino de bike também ajuda a aliviar o estresse e a cuidar da saúde mental. 

Pedalar é um exercício que não tem contraindicações (Fonte: Tenor)
Pedalar é um exercício que não tem contraindicações. (Fonte: Tenor)

Ao ar livre ou na academia?

Câmara explica que utilizar a bicicleta ergométrica na academia traz resultados tão bons quanto um passeio de bike ao ar livre. O que muda entre os dois métodos é a proposta do exercício. 

O primeiro permite a você controlar o ritmo e a carga de forma mais precisa no equipamento. O segundo, por pedalar ao ar livre, pode ser mais agradável, caso você curta uma paisagem e o clima local, porém também demanda mais equilíbrio corporal e cuidado para evitar acidentes. 

Se você preferir, pode pedalar ao livre, aproveitando a paisagem (Fonte: Tenor)
Se você preferir, pode pedalar ao livre, aproveitando a paisagem. (Fonte: Tenor)

Quais cuidados eu devo tomar?

Uma das maiores vantagens da bicicleta, segundo nosso professor, é que ela pode ser utilizada por qualquer pessoa. Uma das razões para isso é que, praticamente, não há impacto nas articulações. Mas Câmara alerta: “é aconselhável procurar um médico para saber como está a sua saúde, antes de começar a pedalar”. Além disso, ele também nos lembra de verificar o estado dos nossos equipamentos, para evitar acidentes. 

Para terminar, o professor oferece algumas dicas de exercícios para quem quer começar a curtir os benefícios da bicicleta para a saúde. Você pode fazer um treino intervalado de alta intensidade (HIIT), mesclando 5 minutos pedalando devagar com 1 minuto de ritmo acelerado. Outra dica do professor é buscar uma aula de spinning na academia, já que existem turmas de diferentes níveis e, com certeza, há alguma adequada para você. 

Se interessou? Conheça o SelfSpeed, uma área exclusiva nas academias Selfit para os apaixonados por bicicleta e spinning.