Home office: a importância de uma postura correta

Trabalhar em casa parece uma opção confortável, mas demanda cuidados posturais

Motivacional 4 min. de leitura
Home office: a importância de uma postura correta

A eclosão da covid-19, entre tantos riscos e ameaças, trouxe uma novidade que está dividindo as opiniões: a popularização do home office. Trabalhar em casa pode parecer, a princípio, a realização de todos os nossos desejos: trabalhar de pijama, sem maquiagem ou sequer pentear os cabelos, comer chocolate enquanto trabalha e, glória das glórias, sua própria garrafa de café.

Porém, como nem tudo pode ser perfeito, cedo ou tarde você descobrirá que um escritório improvisado é capaz de provocar muita dor. A começar pela falta da sua cadeira ergonômica do escritório. Vamos combinar que passar oito horas debruçado como um “contorcionista” sobre a mesa de jantar ou na cama talvez não seja assim tão saudável.

Comprimido, seu pescoço começará a doer, depois seus pulsos arderão e até mesmo o bumbum “reclamará”. Como a maioria de nós não pode investir em móveis de altíssima qualidade, a solução é uma só: adaptar sua postura corporal ao que você já tem.

Como manter uma boa postura em casa

digitando no computador com raiva
(Fonte: Giphy)

Fisioterapeutas afirmam que o segredo de uma boa postura é manter o alinhamento corporal, isso significa que cabeça, ombros, coluna vertebral, quadril, joelhos e tornozelos devem estar retos. Quem treina em academias ou faz pilates sabe que alguns exercícios são capazes de melhorar a postura por meio do fortalecimento do seu core (grupo dos músculos profundos da região abdominal, lombar e pélvica) e podem continuar a ser feitos em casa.

Porém, uma vez que a sua casa já se tornou o seu local de trabalho, existem pequenos truques e mudanças que podem ser incorporados à sua rotina de trabalho para torná-la mais ergonômica, produtiva e confortável.

Preparando o local de trabalho

mulher no quintal usando o computador
(Fonte: Giphy)

A primeira providência é encontrar um ambiente tranquilo, bem iluminado, reservado e livre de distrações. A postura deve combinar conforto e adequação: ombros e quadris alinhados, joelhos pouco abaixo do quadril e pés apoiados (no chão ou em um suporte). Os punhos devem ficar em uma posição neutra, sem dobrar.

Se usar um notebook, utilize preferencialmente teclado e mouse independentes. A altura correta da tela é na linha dos olhos, assim não existe sobrecarga no pescoço.

Mudar sua posição

É fundamental que você varie a posição durante o dia. Esta é uma das vantagens de trabalhar em casa, porque ficar sentado na mesma posição ou na mesma cadeira o dia inteiro pode produzir dores nas costas, no pescoço ou nos ombros. Em casa, é perfeitamente possível começar seu trabalho em um lado da mesa, por exemplo, e alterar a posição do notebook de acordo com a luminosidade natural.

Que tal um travesseiro?

Colocar um pequeno travesseiro fino sob o seu assento pode fazer a diferença e deixar uma cadeira comum bem mais confortável. Se você não tiver um travesseiro ou uma almofada, pode utilizar uma toalha macia dobrada para obter o mesmo efeito. Da mesma forma, colocar uma toalha macia no encosto da cadeira pode torná-la mais confortável e ajudar na manutenção de uma postura correta.

Se você sofre de dores na parte inferior da coluna e não tem uma almofada de apoio lombar, pode também utilizar um travesseiro (ou uma toalha macia) enrolado e colocá-lo entre o encosto da cadeira e a parte mais baixa da sua coluna vertebral.

Dar um tempinho

homem com caneca na mão
(Fonte: Giphy)

Embora a maioria das pessoas tenham o hábito de “dar um tempinho” quando estão no escritório e saem para um cafezinho ou irem ao banheiro, em casa parece que ficam mais focadas e se esquecem dessa “paradinha”. 

Programe seu celular para tocar uma música a cada 30 ou 45 minutos. Pare por um intervalo de três a cinco minutos. Levante-se, caminhe e faça alongamentos. Ao final da jornada de trabalho, convide a família para fazer exercícios físicos, isso pode ser uma ótima opção para manter um corpo saudável e evitar desvios posturais.

Curtiu as dicas? Compartilhe com seus familiares e amigos. Comente suas experiências!