Exercícios físicos geram mais felicidade?

A prática regular de atividade física libera endorfina, que é a responsável por aumentar a felicidade e o bem-estar

Motivacional 3 min. de leitura
Exercícios físicos geram mais felicidade?

A prática regular de exercícios físicos é responsável por uma série de benefícios já conhecidos para o corpo e para a mente. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), ao praticar 20 minutos de atividade física leve ou moderada ou pelo menos 10 minutos de maior intensidade por dia já é possível reduzir o risco de hipertensão, doenças cardíacas, acidente vascular cerebral, diabetes e vários tipos de câncer.

Treinar também fortalece ossos e músculos, melhora a imunidade, reduz a ansiedade e o estresse, melhora a disposição e estimula a sociabilidade. Além de todos esses benefícios, estudos como o realizado por pesquisadoras da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, apontam que os exercícios físicos contribuem, e muito, para a felicidade.

As autoras da pesquisa revisaram 23 estudos sobre felicidade e atividade física, e 15 análises observacionais mostraram associação direta ou indireta positiva entre felicidade e exercício. E o melhor é que, segundo a conclusão, bastam 150 a 300 minutos de treino por semana para, literalmente, sentir-se mais feliz.

Reação química

gif animado de célula
A liberação da endorfina é causada por uma reação química que acontece no cérebro. (Fonte: Giphy)

Segundo a psicóloga clínica Bruna Sartori (CRP: 06/106.364), isso ocorre porque, ao praticarmos atividades físicas e causarmos um estresse no corpo, diversas reações químicas acontecem no cérebro. Uma delas é a liberação de um hormônio chamado endorfina, substância natural produzida pela glândula hipófise. “Esse hormônio tem ação analgésica e é responsável por sensações de prazer, alegria e bem-estar. Sua liberação ocorre durante a atividade física e se estende por um período após sua realização”, explica.

Quais exercícios praticar

homem fazendo exercício
Qualquer tipo de exercício físico ajuda na liberação de endorfina. (Fonte: Giphy)

A especialista explica que todos os tipos de exercícios são indicados, pois são capazes de auxiliar na liberação de endorfina. “Estudos apontam, porém, que uma intensidade maior e a duração mais prolongada da atividade podem estar associadas a uma maior concentração do hormônio. Algumas pesquisas também indicam os exercícios aeróbios como os mais adequados; outras não fazem essa distinção” completa.

Em relação à frequência, segundo Sartori, quem treina com regularidade consegue vivenciar a sensação de bem-estar de maneira mais contínua, mas tanto quem é ativo fisicamente quanto quem realiza exercícios em 1 ou 2 dias por semana sente os benefícios.

Outros hábitos indicados

pessoa se preparando para dormir
Ter um sono de qualidade também contribui para o bem-estar. (Fonte: Giphy)

Além da prática regular de exercício físico, hábitos saudáveis contribuem para aumentar a sensação de bem-estar e felicidade. “Ter um sono de qualidade, manter uma alimentação equilibrada, ingerir com moderação alguns alimentos como chocolate meio amargo e pimenta, fazer coisas que dão prazer, estar em contato com pessoas queridas e meditar são algumas atividades indicadas”.

Quer se sentir mais feliz? Então acesse a seção Treine do Seu Jeito, escolha a sua modalidade preferida e comece a liberar muita endorfina.