Cuidados para a reabertura: saiba como voltar a treinar em segurança

O retorno às atividades nas academias depende da construção de um trabalho de equipe entre profissionais e alunos

Mito ou verdade? 4 min. de leitura
Cuidados para a reabertura: saiba como voltar a treinar em segurança

As academias estão em momento de reabertura. Como a pandemia do novo coronavírus ainda não está superada no País, o retorno requer cautela e alguns cuidados tomados tanto pelas equipes das academias como pelos frequentadores.

Todos que pretendem e que podem retornar aos treinos devem lembrar que essa volta tão esperada não é exatamente a situação que vivíamos antes do fechamento. Agora temos que estar atentos a alguns procedimentos essenciais para não colocar em risco a nossa saúde, a de colegas e da equipe técnica. 

Além disso, a volta é condicionada aos direcionamentos de cada cidade, portanto, por mais que se siga um padrão, algumas regras podem variar entre uma região e outra.

Veja algumas dicas de como se preparar para um retorno saudável.

Respeite a capacidade definida pela academia

mulher medindo a tempertura
(Fonte: Shutterstock)

Cada cidade tem uma legislação própria determinando o percentual da capacidade e o número de horas de funcionamento, por isso quem pretende voltar a se exercitar em São Paulo capital ou Fortaleza, por exemplo, deve agendar os treinos pelo site, cuja duração será igualmente limitada.

Para os paulistanos, a Selfit já publicou na internet um sistema de disponibilidade de horários nas unidades em tempo real. 

Neste primeiro momento, os exercícios são feitos de maneira individual. O compartilhamento de aparelhos não é permitido, e vestiários e outros ambientes estão com funcionamento restrito.

Auxilie na limpeza de aparelhos e ambientes

A limpeza dos ambientes internos é o principal item que irá garantir um retorno seguro às atividades. As academias devem higienizar pisos, paredes e móveis de duas a três vezes ao dia, para eliminar possíveis bactérias ou vírus. 

Além disso, são disponibilizados álcool em gel e papel descartável para que, antes e depois dos exercícios, todo mundo limpe as mãos e os aparelhos, halteres e colchonetes. 

pessoa vestindo máscara
(Fonte: Giphy)

Use máscara sempre

O uso da máscara é obrigatório todo o tempo tanto para a equipe técnica como para alunos e alunas da academia. O acessório é essencial, mesmo que haja, a princípio, uma pequena dificuldade para respirar ou que os óculos fiquem embaçados. Tenha em mente que é para a sua segurança e das demais pessoas.

Não compartilhe acessórios

Quem frequenta academia sabe que a hidratação é fundamental para repor a perda de água. Sendo assim, praticantes devem levar a própria garrafinha, pois em alguns locais os bebedouros têm o uso restrito.

casal com colchonete na mão
(Fonte: Shutterstock)

Espere mais um pouco

Pessoas que fazem parte do grupo de risco, como idosos a partir de 60 anos de idade, hipertensos, diabéticos e obesos não devem, por enquanto, retomar os exercícios físicos em locais públicos. Se for esse o seu caso, aguarde mais um pouco para voltar.

Para quem ainda não pode frequentar a academia, a Selfit continua disponibilizando conteúdo online e o aplicativo exclusivo para alunos e alunas.

Mantenha a distância de colegas 

A vontade de abraçar é grande, mas, neste momento, é importante manter o distanciamento. As academias já estão reposicionando os aparelhos para que estejam em um intervalo seguro para uso, por isso é importante respeitar os espaços delimitados com marcadores.

Finalmente, é bom saber que podemos respirar aliviados, pois os volumes do ar-condicionado são trocados várias vezes ao dia, e pastilhas antibactericidas serão colocadas nos dutos. Assim, poderemos nos concentrar nos exercícios que adoramos fazer no ritmo, no tempo e no jeito com que estamos acostumados, mas principalmente no lugar de que mais gostamos.

Gostou do assunto? Que tal compartilhar com seus amigos?