Mulheres se lesionam mais nos exercícios?

As mulheres têm características anatômicas e fisiológicas diferentes das dos homens, mas isso quer dizer que elas têm maior predisposição a lesões?

Mito ou verdade? 4 min. de leitura
Mulheres se lesionam mais nos exercícios?

Não há nada que impeça as mulheres de praticarem os mesmos esportes e atividades físicas e com a mesma intensidade que os homens. Contudo, muitas pessoas acreditam que elas têm maior predisposição a lesões causadas pelos exercícios e, por esse motivo, diferenciam os esportes voltados para os públicos feminino e masculino.

Infelizmente, segundo estudos clínicos e científicos, isso pode ser verdade, mas não significa que as mulheres devem ser proibidas de algumas práticas; a questão é ter cuidado e fazer todos os movimentos da forma correta, para evitar as lesões.

mulher terminando corrida
(Fonte: Giphy)

De acordo com artigo publicado pelo especialista em medicina esportiva, Adriano Leonardi, no Globo Esporte, estudos já demonstraram que futebolistas do sexo feminino tem até quatro vezes mais probabilidade de desenvolver lesões no joelho. Entre aquelas que praticam corrida, a proporção de lesões pode ser até sete vezes maior do que nos homens.

Quem explica melhor esse assunto é a educadora física Renata de Paula (CREF 025739-G/PR), formada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e certificada pela Crossfit, com experiência em orientação presencial e online para praticantes de atividade física desde 2015.

Por que mulheres se lesionam mais?

É difícil afirmar categoricamente que as mulheres se lesionam mais. A questão é que a biomecânica do corpo feminino é diferente da do corpo masculino. Além disso, a questão hormonal das mulheres afeta diretamente o desempenho e a força dos músculos, principalmente depois dos 30 anos ou 40 anos de idade.

Onde essas lesões costumam acontecer?

Se precisarmos elencar duas regiões que precisam de cuidado especial, diria que são as articulações dos joelhos e do quadril, porque as mulheres têm o corpo naturalmente mais flexível que o dos homens. Por isso, muitas vezes, as articulações podem não estar tão fortalecidas quanto os músculos.

Há algum esporte ou exercício que cause mais lesões no corpo feminino?

Não. Quanto a isso, não há diferença alguma entre as atividades que os homens e as mulheres podem realizar. Em ambos os gêneros, todo exercício precisa de um acompanhamento de qualidade, aumentando a força e a intensidade de forma bem planejada para evitar lesões.

Que cuidados elas devem ter ao praticar atividade física?

É essencial ter o acompanhamento de um bom profissional de educação física, que vai prescrever os exercícios certos para o perfil e garantir que todos os movimentos sejam executados da forma correta. Além disso, é essencial ter um período de descanso de qualidade entre os treinos, para que o corpo se recupere. Uma boa alimentação antes e depois do exercício também ajuda na força e recuperação, mas o principal é ter paciência na evolução. A intensidade do treino precisa aumentar de forma progressiva, sem exigir muito do corpo de uma vez só.

mulher fazendo exercícios na praia
(Fonte: Giphy)

Tendo esses cuidados, que benefícios o esporte oferece para elas?

O exercício físico praticado da forma correta traz uma sensação de bem-estar para o corpo, além de melhorias na autoestima e redução do estresse. Também ajuda a controlar a pressão arterial, os níveis de açúcar no sangue e reduzir o risco de problemas cardíacos. Para mulheres, em especial, o exercício é uma ótima maneira de aliviar os sintomas da menopausa.

As mulheres podem praticar atividades físicas tranquilamente, desde que tenham uma boa orientação profissional e respeitem os limites do próprio corpo. Com os cuidados corretos, o exercício só vem para somar na vida de quem o pratica.

Que tal compartilhar este texto com aquela amiga que tem medo de se lesionar?

Fonte: Eu Atleta.